TV NEWS - FILIADA A REDE CINEC - JORNALISTA RESPONSÁVEL: CARLOS AUGUSTO PEIXOTO - MTB 0003233/ES.


A VOZ DO POVO VIRA NOTÍCIA NA TV NEWS CINEC - ASSISTA A TV NEWS - PELA TV CINEC-SP.
ENTRE EM CONTATO CONOSCO NO E-MAIL tvnewscinec@gmail.com

sexta-feira, 3 de abril de 2015

MAIORIA DOS DEPUTADOS QUE APROVARAM A REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL SÃO INVESTIGADOS POR CRIMES. 

SUPOSTOS CORRUPTOS DECIDEM O DESTINO DA SOCIEDADE BRASILEIRA?

Este é o nosso Brasil, supostos bandidos ou corruptos da nação é quem aponta rumos para o destino da nossa sociedade. E,o pior vem acontecendo, quando resolvem reduzir a maioridade penal, pois, se entende que com esta ação teríamos a diminuição ou controle dos crimes praticados.

Diversos Países modernos entre mais de 16, já embarcaram nesta onde de redução da maioridade penal, onde, a TAILÂNDIA e ÍNDIA estipulou a maioridade para 7 anos e, se trata de um País super religioso e com vasto senso disciplinar.

Nesta onda de modernidade, se percebe, que, nossa Nação, num desespero de causa, ou para não ficar pra traz perante as novidades modernas; vem tentando navegar neste mar de tormenta. E, digo tormenta, pois, sabemos que em nada ficou favorável as tomadas de medidas que legalizaram a maioridade nestes Países.

O Brasil, ta lotado de corruptos no poder, somos um País da impunidade, pois, só os pobres ficam presos e em condições desumanas. Nosso governo não se preocupa com a segurança pública e investe pouco na área. Nao temos equipamentos modernos, falta de tudo para se garantir uma boa segurança, pois, os presídios estão abarrotados de presos em qualidade desumana devido a super lotação e, onde, muitos morrem por não ter assistência médica e um ambiente higiênico. Sabemos, que, estes presídios existem apenas para abrigar criminosos pobres, pois, parlamentares corruptos e ricos de tanto roubar a sociedade, jamais ficam neste habitat; alias, no Brasil não existe leis vigentes que possam garantir a prisão efetiva de parlamentares desonestos.

Na CCJ, 60% dos deputados à favor da redução da maioridade penal são investigados por crimes. Deputados são investigados por crimes eleitorais ou corrupção. Mas quem deve ser presa é a juventude brasileira.

Se a lógica do senso comum valesse para efeito de julgamento dos deputados que participaram e derrubaram a inadmissibilidade da PEC 171/93, que prevê a redução da maioridade penal, em reunião da CCJC na quinta (31/03), 60% deles não poderiam ocupar suas funções públicas.

Dos 43 deputados responsáveis pela aprovação da PEC da Redução, 25 têm problemas na justiça e estão envolvidos em algum processo criminal. Os outros 16 (também segundo a lógica punitiva hegemônica) tem melhores advogados.

“Lugar de bandido é na cadeia!” E o que fazer com os “maiores infratores”?
Um dos principais argumentos usados pelos parlamentares para justificar a necessidade de levar à frente a proposta de redução da maioridade penal é o fato de, segundo pesquisas, mais de 90% da população ser favorável à alteração da lei.

Mas usemos para efeito de reflexão a mesma lógica: qual a opinião da população acerca dos políticos? E dos deputados? E do Congresso Nacional? Qual a diferença entre um político corrupto e um assassino qualquer? Que criminoso é mais perigoso, o deputado que vende emenda parlamentar e negocia propinas ou o “traficante-delinquente-marginalzinho-vagabundo-preto-tá-com-dó-leva-pra-casa” ali da esquina?

Quem precisa de leis severas que lhes garantam punição e cadeia são os jovens brasileiros!

Abaixo, a ficha corrida, a capivara, a síntese do currículo lattes dos nobres deputados responsáveis pela avaliação favorável à PEC da redução na CCJC.

1 Aguinaldo Ribeiro - Investigado pela operação Lava Jato
2 Alceu Moreira - Ficha suja
3 Alexandre Leite - Crime eleitoral
4 Altineu Cortes - Multa por campanha antecipada 2012
5 André Moura - Investigado por compra de votos (2006)
6 André Fufuca
7 Arnaldo Faria Sá
8 Arthur O. Maia
9 Bonifácio Andrade - Porte ilegal de arma
10 Bruno Covas - Caixa 2
11 Capitão Augusto
12 Covatti Filho
13 Cristiane Brasi - lCrime eleitoral
14 Danilo Forte - Crime eleitoral e em leis de licitações
15 Dr. João
16 Elmar Nascimento
17 Evandro Gussi
18 Fausto Pinato
19 Felipe Maia - Investigado pelo TCU: Dono de empresa que presta serviço ao governo
20 Giovani Cherini - Captação ilícita de sufrágio
21 João Campos - Investigado por embolsar o salário de funcionários
22 José Carlos Aleluia - Máfia das ambulâncias
23 Juscelino Filho - Crime eleitoral
24 Laerte Berssa
25 Laudivio Carvalho
26 Lincoln Portela - Compra superfaturada de ambulâncias (Operação Sanguessuga)
27 Luciano Ducci - Crime eleitoral
28 Marco Tebaldi - Lei de licitações e responsabilidade fiscal
29 Marcos Rogerio
30 Paes Landim - Crime eleitoral
31 Pastor Eurico
32 Paulo Freire - Venda de emendas parlamentares
33 Paulo Magalhães - Crime eleitoral
34 Prof. Victorio Galli
35 Ronaldo Fonseca
36 Rossoni - Funcionários fantasmas
37 Sandro Alex
38 Sergio Souza - Operação Gafanhoto – desvio de verba assembleia legislativa paraná
39 Sergio Zveiter
40 Silas Câmara - Crime eleitoral
41 Valtenir Pereira - Crime eleitoral
42 Veneziano Vital - Improbidade administrativa
43 Vitor Valil

Tudo que vivenciamos nesta modernidade nacional, no uso desta medida de redução da maioridade penal, não passa de uma pouca vergonha de uma tropa de safados, querendo se passar por heróis da nação. Camuflando uma realidade da incompetência parlamentar, para se prevalecer da ignorância de uma sociedade, que, em maioria, tem pouca instrução educacional. E, toda esta iniciativa parlamentar se direciona a famosa ambição desmedida, ganancia pelo poder e falta de moral. O que querem é engordarem suas contas em paraísos fiscais, para ainda, no futuro rirem da população que tapearam.

Sou Contra a impunidade de Parlamentares e creio que estamos precisando é de fazer as leis cumprirem e, colocar os corruptos do colarinho branco na cadeia. Pois só assim, seremos de fato um País livre e democrático de direito para garantir a sustentabilidade das nossas Crianças.