TV NEWS - FILIADA A REDE CINEC - JORNALISTA RESPONSÁVEL: CARLOS AUGUSTO PEIXOTO - MTB 0003233/ES.


A VOZ DO POVO VIRA NOTÍCIA NA TV NEWS CINEC - ASSISTA A TV NEWS - PELA TV CINEC-SP.
ENTRE EM CONTATO CONOSCO NO E-MAIL tvnewscinec@gmail.com

segunda-feira, 13 de julho de 2015

DIVERSIDADE IDEOLÓGICA DE GÊNERO SERÁ DEBATIDA NA CÂMARA DE VEREADORES DA SERRA NESTA TERÇA-FEIRA A PARTIR DAS 19 HORAS. MAIS UMA ORGANIZAÇÃO DO PSL.

A ideologia do gênero surge como uma antropologia alternativa quer à judaico-cristã, quer a das culturas tradicionais não ocidentais. “Esta ideologia contrasta frontalmente com a antropologia cristã por opor-se à visão bíblica e cristã da pessoa e da sexualidade humana.

A ideologia extingue o conceito de sexo, de corpo sexuado, e no lugar desses conceitos adota a palavra ‘Gênero’”, disse o vereador que explicou ainda que a “fé cristã nos ensina que a dimensão sexuada, a masculinidade ou feminilidade, é constitutiva da pessoa, é o seu modo de ser, não um simples atributo”.


Para Winter, a “ideologia de gêneros” estabelece que a “criança nasce sem um sexo definido e, por isso, não deve ser considerada do sexo masculino ou feminino. O aluno menino ou menina é chamado apenas de criança, porque cada um deve decidir quando crescer se será homem ou mulher”. Muitos defendem que o ser masculino ou feminino é da construção mental é uma agressão à família. “Sou totalmente contra esta ideologia”.

Deus criou o homem, a mulher, os gays e as lésbicas também. Eles também têm que ser respeitados. Isto aqui é um atraso maior que todos os outros atrasos. Não se pode discriminar o homossexual e privilegiar o heterossexual. Temos que respeitar a diversidade. Não se trata de incentivar um comportamento ou outro, mas respeitá-lo.

A polêmica deste debate fica definida para esta Terça-feira, a partir das 19 horas, na Câmara dos Vereadores da Serra. Quando a questão da diversidade de gêneros será debatida, entre os convidados para palestrar. Estes palestrantes são compostos por Pastores, Padres, Místicos e Representantes de Grupos LGBT.
Se espera ser discutidas emendas ao Plano Municipal de Educação e possíveis criações de Leis específicas para atender a necessidade de demandas nesta modernidade de “diversidade” que pode ser suprimida por PL própria do texto em debate.

Vamos todos comparecer para acompanhar a palestra na Serra?